O que é Homeopatia

A Homeopatia traz uma maneira original de conceber a saúde e a doença. Ao mesmo tempo é um tratamento medicamentoso. Hipócrates, médico e sábio grego que viveu entre 400 e 500 anos antes de Cristo já a citava. Dizia que doenças podiam ser curadas por remédios que provocassem sintomas semelhantes ao da doença, daí vem o nome Homeos, palavra que significa semelhante em grego.

Hoje sabemos que muitos dos sintomas, sinais e sensações que sofremos ao estarmos doentes ocorrem por desequilíbrios em vias fisiológicas e bioquímicas, são vias de autorregulação ancestrais desenvolvidos durante a evolução e, portanto selecionados para tentar nos levar à cura. Então, na Homeopatia estimulamos as vias naturais de cura.

No final do século XVIII, Samuel Hahnemann, médico alemão, reinterpretou a Homeopatia, sistematizando-a e aplicando-a em muitas pessoas. Considerando a toxicidade de algumas substâncias utilizadas na época como medicamentos, diluiu-as para reduzir seu poder tóxico. Além de diluir sacudiu os remédios, que chamou dinamização, que reduziu a toxicidade e manteve o conjunto de propriedades do remédio.

Na Homeopatia a palavra cura é central, o que consideramos muito oportuno e ainda válido. Também considera relevante a singularidade, as particularidades de cada pessoa, o que determina que cada pessoa receba um tratamento individualizado. Esta é outra contribuição muito valiosa. Igualmente importante, considera o organismo como um todo, com os sinais e sintomas e as doenças como reações de desequilíbrios mais gerais.

Mantendo a tradição de Hipócrates, Hahnemann era grande observador das pessoas, e suas observações acuradas forneceram relevantes informações sobre o processo saúde-doença.

Aqui você terá informações atualizadas sobre a Homeopatia, informações que lhe permitirão utilizar e conhecer esta prática médica ancestral.